6 de janeiro de 2011

Tens um historial demasiado repleto de inconvenientes. Tu és um inconveniente. Deves ser o maior traidor e o maior cabrão que já vi em toda a minha vida, mas mesmo assim acho que gosto de ti. Mas sabes o que é que eu descobri? Que o meu coração é pequeno, e sinceramente, acho que não cabemos lá os dois. Podes-te ir embora? Quero salvar a minha alma. Não quero que ela se torne um inconveniente


1 comentário:

Maria Alves disse...

Se não queres, não se tornará.
Adorei, Pipuxa. Está mesmo bonito.


Beijinho ^^